Quinta-feira
19h:30 às 22h:00
Quadra 03 AE 02 Sobradinho-DF
 
Testemunho de Karla Martins
Meu primeiro contato com o Grupo de Orao So Vicente foi por volta do ano de 1999 2000. Estava numa poca da minha vida muito conturbada, transmitia a todos uma grande carncia, um sentimento de ser vtima em tudo, culpava minha famlia, especialmente a minha me pela tristeza profunda que carregava. Lembro-me que nas oraes nas quintas-feiras, sempre pedia a Deus para me curar, para agir por mim, para fazer Sua vontade em minha vida, e O servia de todo corao.

Fui muito bem recebida por esta comunidade, e senti que era muito cmodo ser acolhida por todos, acarinhada, vista, amada, apesar que nunca era o suficiente. Sempre pedia mais, louvava pelo sofrimento, mas no queria deixar aquele estado to agradvel de acolhimento. Um dia, numa Missa de Cura, as palavras anunciadas pelo padre, pelos servos, foram todas para mim. Deus falava que j tinha me curado, que Ele bastava na minha vida, mas eu ainda no tinha assumido a cura, que era preciso sair da zona de conforto e servi-Lo verdadeiramente de todo corao, perdoando, amando, deixando Maria ser exemplo na minha vida.

Foi duro, difcil e trabalhoso assumir essa nova postura, de mulher renovada, transformada pela ao do Esprito Santo. Lutei e ofereci a Deus cada dia, em cada Grupo que eu podia participar, cada um dos meus sofrimentos. Assim fui perdoando a minha famlia, fui aprendendo a am-los novamente, pois haviam muitas barreiras nas nossas relaes. Fui aprendendo a respeitar cada um na sua individualidade. Assumi para mim a minha cruz, carreguei-a com amor, com respeito. Sei que parece loucura, mais foi essa loucura que eu escolhi para viver.

Hoje no tenho problemas? Hoje no sofro? No tenho momentos de carncia? Com certeza SIM! Tem dias que me sinto s, desamparada, mas nessas horas que Deus fala claramente comigo: Eu estou aqui, vim para saciar sua sede, para ser o amparo que precisas nesse momento! E a imagem que sempre me vem quando mais preciso Nossa Senhora me segurando no colo, me acalentando, me ensinando a cada dia o silncio, o poder do sacrifcio, o poder do amor. Claro que ainda tenho muitos problemas familiares, afinal qual famlia no briga, no se desentende? Mas a graa ao final o perdo e o amor que temos uns pelos outros.

Posso dizer que a vida que escolhi para mim foi de sacrifcio, mas as graas alcanadas foram muito maiores. Sofria de depresso moderada, de querer ficar s na cama, de me isolar e hoje sei que minha depresso estava ligada a falta de perdo, de aceitar o outro, de no saber amar, de querer que o outro fizesse o mesmo por mim, que estivesse a minha disposio quando eu precisasse. Deus, na sua grandiosidade, me ensinou a perdoar, a deixar de ser ansiosa, a no caminhar sozinha, a no guardar a sete chaves os meus problemas, a dar sem querer receber nada em troca, a amar mesmo no sendo amada. difcil, mas aprendi e experimentei vrias vezes no Grupo de Orao So Vicente que Deus age, que Deus ama a cada um incondicionalmente.

Hoje ainda me sinto s s vezes, como muitos, no ao ponto de me isolar, de querer sumir no mundo. Os problemas no acabam, o que muda a maneira como lidamos com eles, como os aceitamos e os oferecemos a Deus. Este o diferencial sempre muito bem colocado pelo Grupo de Orao So Vicente em suas pregaes e oraes que nos d fora para continuar a caminhada, que longa e difcil. Por isso eu afirmo a todos que lerem este testemunho: mesmo que te d vontade de desistir, siga em frente, entregue a Deus e deixe-O agir. Persevere junto aos irmos, v ao Grupo de Orao, pea orao, busque a Deus! S Ele nos conhece verdadeiramente, e sabe o tamanho da cruz que carregamos. Confie em Deus!

RCC/DF
Grupo de Oração São Vicente
Capela São Vicente de Paulo
Quadra 03 AE 02 Sobradinho/DF
gosaovicente@gmail.com
 
Menu
 
© 2017 Grupo de Oração São Vicente - Todos os direitos reservados